sexta-feira, 20 de novembro de 2015

O macaco e o alvejado

Recentemente conheci uma mulher que veio falar comigo numa festa alegando que aquelas pessoas que estavam na mesa eram racistas. Conheço bem essas pessoas para saber que não são, mas vamos lá.

O ambiente estava com muito barulho mas vou tentar: ela disse que "aquele menino" não se considerava negro, mas ele tinha cabelos pretos e cacheados. Ao longo da festa, todo mundo que estava ali era racista.

Perdi a discussão mas, exemplificando, alguém disse: "como é que aquela menina 'fica' com aquele nego". Não sei se é uma exclusividade nordestina mas chamar uma pessoa de nego e nega é em tom carinhoso e porque diabos isso seria racismo?

Existe uma diferença entre cor de pele e descendência. Vi em um site (que procuro agora e não acho) uma pesquisa com vários artistas considerados "negros" por sua pele com suas respectivas descendências. Não me surpreendi de metade deles terem uma boa porcentagem de branco correndo em suas veias.

Quem já esteve na escola e estudou DNA em Biologia talvez entenda o que estou falando. Brasileiros são todos misturados de sangue negro, branco, índio e por aí vai. A cor da pele não poderia ser diferente, o que acontece é que ninguém nasce branco ou preto, alguns sim, mas maioria do Brasil é moreno e pardo (falo do tom de pele, não existe sangue com informações morenas ou pardas).

A cor da pele de uma pessoa é uma característica, assim como gordo, magro, alto, baixo. Não estamos discriminando ninguém caso diga assim: "Estou procurando um homem negro, gordo e baixo". Fora que conheço pessoas, tanto mais velhas quanto mais novas, que tem apelidos como preta, pretinha, neguinho e etc.

Uma coisa que eu não entendo e que contaminou a internet é essa coisa de orgulho isso, orgulho aquilo. Gente, não importa a tua pele, teu cabelo, tua orientação sexual, ou o sangue que corre nas tuas veias, o que importa é ter orgulho que tu é de verdade, sendo negro, branco, gay, hétero. Essas coisas não importam, o que importa e o que você tem de ter orgulho é do teu caráter, da tua força pra vencer na vida, da tua coragem, das tuas ações.

Eu odeio essa estória do "clube da luluzinha". Só faz separar as pessoas e não unir, de fato, ou discutir o assunto. Tanto negros quanto brancos foram escravizados. Se brancos quisessem fazer o dia deles, por exemplo, quantas pessoas iriam acusá-los de racismo? E o Orgulho Gay? Por que não pode ter Orgulho Hétero? E por que diabos vocês não excluem essas páginas e esses clubes e fazem "Orgulho de ser quem sou"?

Essa mulher que acusou todo mundo da festa de racistas chamava os mais brancos de "alvejados". Não estou brincando e deveria ter filmado isso pra provar. Mas enfim, que tipo de pessoa chama o outro de "alvejado"? Uma dica: é o mesmo tipo de pessoa que chama o negro de macaco. Irônico não é?

O que eu acho dessa enxurrada de gente que utilizaram perfis fakes pra praticar racismo são apenas pessoas que querem aparecer e estão conseguindo. Graças à mídia e graças a vocês.

Há um tempo atrás eu vivia andando com uma amiga que era bissexual e depois de um tempo as pessoas começaram a dizer que eu era lésbica. Pessoas que não me conheciam, obviamente. O que eu fiz? Ignorei completamente.

Minha mãe é o tipo de pessoa que tem amizades sem preconceitos. Mas como eu não fui uma garota vaidosa e gostava de usar roupas confortáveis, ela achava que eu era lésbica. E vocês acham que ela ficou feliz por isso? Sabe o que ela me aconselhou quando soube que várias pessoas estavam dizendo que eu era lésbica? Ela disse para me afastar da minha amiga. Aí vocês já sabem que é aquele tipo de preconceito mascarado. A mesma coisa é pro machismo. Minha mãe acha que não é machista, mas eu cresci ouvindo ela dizer que a menina (pra casar) tem de aprender a cozinhar, cuidar da casa e etc. Pois é.

Essa coisa de negro no Brasil é tão complexa que há pérolas acontecendo por aí. Sabe a cota para negros? Dois irmãos gêmeos e pardos. Um foi considerado negro e o outro branco. Como você classificaria um pardo? Negro ou Branco? Os dois não?

Se a cota foi um modo de "recompensar" descendentes de negros escravos, por que a cor da pele importa? Não sabemos se, por exemplo, alguns albinos são descendentes de negros ou não. Muito provavelmente são. Como vocês resolvem essa questão?

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

trechos de O Poder do Agora

O único problema é a própria mente limitada pelo tempo. - 64

Você não pode estar infeliz e completamente presente no Agora, ao mesmo tempo. - 65

No momento em que a nossa atenção se volta para o Agora, percebemos uma presença, uma serenidade, uma paz. Não dependemos mais do futuro para obtermos plenitude e satisfação, não o olhamos mais como salvação. Consequentemente, não estamos mais presos aos resultados. Nem o fracasso nem o sucesso têm o poder de alterar o estado interior do ser. - 71

A poluição do planeta é apenas um reflexo externo de uma poluição interior psíquica gerada por milhões de indivíduos inconscientes, sem a menor responsabilidade pelos espaços que trazem dentro de si. - 80

Se não há mesmo nada a fazer e você não pode mudar a situação, então aceite o aqui e agora totalmente, abandonando toda a resistência interior. O falso e infeliz  eu interior, que adora sentir-se miserável, ressentido ou com pena de si mesmo, não consegue mais sobreviver. Isso se chama rendição. A rendição não é uma fraqueza. Há uma grande força nela. Somente alguém que se rendeu tem poder espiritual. Através da rendição, você se livrará da situação internamente. É possível que você perceba uma mudança na situação sem que tenham sido necessários maiores esforços da sua parte. De qualquer forma, você está livre.
Ou haverá algo que você "deveria" estar fazendo mas não está? Levante-se e faça agora. Ou, em vez disso, aceite totalmente a sua inatividade, preguiça ou passividade neste momento, se esta é a sua escolha. Mergulhe nela por inteiro. Desfrute-a. Seja tão preguiçoso ou inativo quanto puder. Se você fizer isso conscientemente, logo sairá dela. Ou talvez não. Em qualquer dos casos, não há nenhum conflito interior, nenhuma resistência, nenhuma negatividade.
Você está sofrendo de estresse? Pensa tanto no futuro que o presente está presente está reduzido a um meio para chegar lá? O estresse é causado pelo estar "aqui" embora se deseje estar "lá", ou por se estar no presente desejando estar no futuro. É uma divisão que corta a pessoa por dentro. Criar e viver com essa divisão é insano. O fato de que todas as pessoas estão agindo assim não torna ninguém menos insano. Se você não pode fugir disso, tem de se movimentar rápido, trabalhar rápido, ou até mesmo correr, sem se projetar no futuro e sem resistir ao presente. Quando se movimentar, trabalhar e correr, faça tudo por inteiro. Desfrute o fluxo de energia, a alta energia desse momento. Agora não há mais estresse, não há mais divisão por dois, apenas o movimento, a corrida, o trabalho. Desfrute essas atitudes. Ou você também pode abandonar tudo e se sentar num banco do parque. Mas, ao fazê-lo, observe a sua mente. Pode ser que ela diga: "Você devia estar trabalhando. Está perdendo o seu tempo." Observe a mente. Sorria para ela. - 84-85

Para testar o grau de presença, alguns mestres zen tornaram-se, conhecidos por se aproximarem dos alunos por trás e, de súbito, atingi-los com um bastão. Que susto! Se o aluno estivesse totalmente presente e em estado de alerta, se tivesse "mantido seu lombo cingido e sua lamparina acesa", que é uma das analogias de que Jesus se utiliza para falar da presença, o aluno teria percebido o mestre se aproximar e o teria imobilizado ou se desviado para o lado. Mas, se o aluno fosse atingido, significaria que estava mergulhado em seus pensamentos, o que quer dizer, ausente, inconsciente.
Para ficarmos presentes no dia-a-dia, ajuda muito estarmos profundamente enraizados dentro de nós. Do contrário, a mente, que tem um impulso inacreditável, nos arrastará com ela, como um rio caudaloso. - 95

"Nem só de pão vive o homem". - 132

A humanidade está sob uma grande pressão para se desenvolver, porque é a única chance de sobreviver como raça. Isso vai afetar cada aspecto da nossa vida e de nossos relacionamentos. Nunca antes os relacionamentos foram tão problemáticos e oprimidos por conflitos como hoje em dia. Você deve ter notado que eles não aparecem para nos fazer felizes ou satisfeitos. Se você continuar buscando um relacionamento como forma de salvação, vai se desiludir cada vez mais. Mas, se você aceitar que o relacionamento está aqui para tornar você consciente em lugar de feliz, então o relacionamento vai lhe oferecer a salvação e você estará se alinhando com a mais alta consciência que quer nascer neste mundo. Para os que se mantiverem apegados aos padrões antigos, haverá cada vez mais sofrimento, violência, confusão e loucura. - 158

Enquanto você construir a sua identidade em função do sofrimento, não conseguirá se livrar dele... é torná-lo consciente. - 167

Você conhece a história de Banzan? Antes de se tornar um grande mestre zen, ele passou muitos anos perseguindo a iluminação, mas ela o iludia. Então, um dia, enquanto andava pelo mercado, ouviu uma conversa entre um açougueiro e seu freguês. "Me dê o melhor pedaço de carne que você tem aí", disse o freguês. E o açougueiro respondeu: "Todo pedaço de carne que tenho é o melhor. Não há nenhum pedaço de carne aqui que não seja o melhor." Depois de ouvir isso, Banzan se tornou iluminado.
Posso ver você esperando alguma explicação. Quando aceitamos o que é, todo pedaço de carne - todo momento - é o melhor. Isso é iluminação. - 189-190

Somente aqueles que transcenderam o mundo conseguem criar um mundo melhor. - 196

Querer aliviar o sofrimento do mundo é uma coisa muito nobre, mas lembre-se de não se concentrar exclusivamente no exterior, do contrário você vai sentir frustração e desespero. - 198

Quando você estiver transformando, todo o seu mundo fica transformado, porque o mundo é somente um reflexo. - 210-211

Não culpe a vida por tratar você tão mal, mas também não se culpe de nada. - 211


O Poder do Agora - Um guia para a iluminação espiritual - Eckhart Tolle - Ed. Sextante, 2002, 8ªed.